YouTube permitirá ver até quatro transmissões em uma tela durante as Olimpíadas 2024

YouTube permitirá ver até quatro transmissões em uma tela durante as Olimpíadas 2024

Com a proximidade da Olimpíada de Paris, o YouTube revelou mais sobre os planos da plataforma para a transmissão do evento em apresentação realizada na manhã desta quarta-feira (15). O destaque fica para uma nova forma para acompanhar a competição chamada Multiview.

O formato permitirá dividir a tela em quatro para assistir a quatro eventos ao mesmo tempo. O modelo já havia sido utilizado para a transmissão do festival Coachella em 2024, e agora foi trazido para as transmissões esportivas.

Ao todo, a empresa prevê 500 horas de transmissão durante a Olimpíada de Paris, exibidas pela CazéTV, canal que tem se tornado o principal espaço para eventos esportivos no YouTube voltado ao público brasileiro.

YouTubeParte importante da extensa cobertura das Olimpíadas de 2024 será realizada no YouTube. (Imagem: Jeff J Mitchell/Getty Images)

Para isso, foi montada uma equipe bastante diversa para participar das transmissões. Entre os nomes participantes estão jornalistas, criadores de conteúdo e atletas que se juntam à transmissão para comentar os eventos.

Esta será a primeira vez que os Jogos Olímpicos são transmitidos pelo YouTube. Justamente pela parceria com a CazéTV, a plataforma tem ganhado força em grandes eventos esportivos. As últimas edições das Copas do Mundo de futebol masculino e feminino e os Pan-Americanos são exemplos de sucesso recente do YouTube para transmissões esportivas.

Os Jogos Olímpicos de Paris acontecem entre os dias 26 de julho e 11 de agosto. Além do YouTube, os canais da Rede Globo também transmitirão evento na TV aberta, no SporTV, no Globoplay e nos sites g1 e ge.

Paris é Brasa

O YouTube também confirmou um projeto desenvolvido em parceria com o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e a Play 9 para produção de conteúdo esportivo durante a Olimpíada. Chamada de “Paris é Brasa”, a iniciativa terá um time amplo de criadores de conteúdo.

A ideia da transmissão é criar formatos diferentes, que vão além das partidas. Com produtores de conteúdo de diferentes origens, a promessa é que cada um possa trazer uma perspectiva diferente, que alcançam públicos que talvez não sejam tão interessados no esporte, mas que podem ser atraídos pelas grandes histórias que surgem da Olimpíada, não necessariamente da competição.

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress