Windows 11 no Nintendo Switch: usuário faz instalação e mostra resultado

Windows 11 no Nintendo Switch: usuário faz instalação e mostra resultado

Explorando novas possibilidades de uso para o seu console, enquanto aguarda o lançamento da próxima geração do equipamento, que pode acontecer ainda em 2024, segundo rumores, um proprietário do Nintendo Switch instalou o Windows 11 no videogame. O resultado foi compartilhado por ele no X/Twitter, no domingo (12).

Apesar de funcionar, a instalação da versão mais recente do Windows no portátil da Nintendo não foi uma experiência muito agradável para o usuário PatRyk (@Patrosi73), dono do console. Para começar, ele diz ter gastado nada menos que três horas para realizar o procedimento.

Nas postagens, o internauta afirma ter usado a versão ARM com KVM habilitado do Windows 11, o que em teoria facilitaria a instalação do software. Porém, os problemas começaram a surgir enquanto ele tentava abrir alguma tarefa no sistema, incluindo as mais básicas, resultando em lentidão e falhas.

Rodar uma instalação Linux com Steam no Nintendo Switch modificado também não foi fácil, com o desempenho do console caindo bastante, como mostram os vídeos compartilhados por PatRyk. Até mesmo os títulos que não exigem desempenho avançado da máquina, como Peggle, apresentavam grande dificuldade para abrir.

Resultado surpreende, apesar da lentidão

Mesmo com bugs e lentidão, com cada tarefa demorando cerca de 10 segundos para ser executada, como afirmou PatRyk, conseguir instalar e executar o Windows 11 no Nintendo Switch é um resultado que surpreende. Vale lembrar que o videogame é alimentado por um chip Nvidia Tegra customizado, lançado em 2015.

Além disso, a versão mais recente do Windows ficou marcada pelos vários requisitos exigidos pela Microsoft para a sua instalação. Isso gerou muitas reclamações por parte dos usuários, chegando a dificultar a atualização até mesmo em PCs mais novos, em alguns casos.

Tentativas como esta já aconteceram em outras ocasiões, mas na maioria das vezes foram utilizadas versões adaptadas do sistema original do Switch ou distribuições baseadas no Android.


source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress