Serra Gaúcha registra quatro tremores após chuvas no Rio Grande do Sul

Serra Gaúcha registra quatro tremores após chuvas no Rio Grande do Sul

Nesta segunda-feira (13), a Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) publicou um comunicado sobre o registro de alguns tremores que atingiram o Rio Grande do Sul durante a madrugada; o evento aconteceu durante a infeliz crise que o estado está passando. Os municípios de Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha, sofreram tremores de magnitude 2.3 graus e 2.4 graus na escala mR (Richter).

O registro foi realizado a partir de dados do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) e do Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP). As informações apontam que parte da população dos municípios sentiu os tremores, mas ninguém foi ferido e não ocorreram acidentes.

É importante destacar que tremores pequenos, como os registrados na Serra Gaúcha, não são considerados perigosos, pois raramente podem causar danos significativos. Normalmente, são os terremotos acima de 5.0 na escala Richter que podem causar danos nas estruturas da região. Ou seja, os tremores não causaram nenhum dano e a chuva continua sendo a maior preocupação do estado.

Após chuvas intensas, quatro tremores atingiram a região da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul.Após chuvas intensas, quatro tremores atingiram a região da Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul.Fonte:  RSBR 

“A Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), por meio do Observatório Sismológico da UnB e do Centro de Sismologia da USP, registrou uma série de pequenos tremores de terra no Rio Grande do Sul na madrugada desta segunda-feira, dia 13 de maio. Os tremores tiveram magnitudes  2.3 mR e 2.4 mR e ocorreram nos municípios de Caxias do Sul, Pinto Bandeira e Bento Gonçalves e foram sentidos pela população”, a RSBR explica em um comunicado publicado no X (antigo Twitter).

Tremores no Rio Grande do Sul

Ao todo, foram registrados quatro tremores na Serra Gaúcha. Segundo o site MetSul Meteorologia, moradores dos bairros de Madureira, Universitário, Jardim América e Pio X, em Caxias do Sul, sentiram o tremor e se assustaram ao serem acordados por um barulho alto durante a madrugada. O Corpo de Bombeiros do município informou que não ocorreu nenhum acidente.

Veja o horário dos tremores registrados no Rio Grande do Sul

  • Caxias Do Sul, tremor de 2.3 mR, às 03h03
  • Caxias Do Sul, tremor de 2.3 mR, às 02h58
  • Pinto Bandeira, tremor de 2.3 mR, às 02h37
  • Bento Gonçalves, tremor de 2.4 mR, às 01h48

Não há como descartar a hipótese de que os tremores foram causados pelos problemas do solo devido às fortes chuvas no Rio Grande do Sul, mas os cientistas afirmam que ainda não é possível fazer uma correlação. É necessário estudar mais sobre o caso para entender o que aconteceu, mas provavelmente foram causas naturais comuns. Não é incomum que o fenômeno ocorra na Serra Gaúcha.

“Em geral, seriam necessários alguns meses depois das chuvas para tremores desse tipo ocorrerem, mas não se pode descartar essa possibilidade. De qualquer forma, são necessários estudos aprofundados para afirmar com precisão as causas desses sismos”, disse o sismólogo Bruno Collaço, do Centro de Sismologia da USP, em mensagem publicada no X.

Gostou do conteúdo? Então, fique por dentro de mais notícias sobre o que está acontecendo no Rio Grande do Sul aqui TecMundo. Se desejar, aproveite para entender se as tempestades Solares podem ser a causa dos terremotos na Terra.


source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress