Questionado sobre Palworld, Presidente da Nintendo promete combater plágio

Questionado sobre Palworld, Presidente da Nintendo promete combater plágio

E o Pal continua “torando” nos bastidores da Nintendo. Questionado sobre as semelhanças de Palworld com Pokémon em uma reunião de negócios recente, o presidente da gigante japonesa, Shuntaro Furukawa, disse que a empresa tomará medidas contra qualquer pessoa que, comprovadamente, viole quaisquer direitos de propriedade intelectual.

As informações foram divulgadas pela Reuters japonesa, com base em uma sessão de perguntas e respostas no último briefing de resultados financeiros da Nintendo. Embora Furukawa não tenha direcionado seus comentários especificamente para Palworld, ele respondeu que a empresa tomará “as medidas apropriadas contra aqueles que infringirem nossos direitos de propriedade intelectual”.

Considerado um "Pokémon com armas", Palworld pode estar na mira da Nintendo por conta de suposto plágio.Considerado um “Pokémon com armas”, Palworld pode estar na mira da Nintendo por conta de suposto plágio.Fonte:  Xbox 

Os comentários do executivo vêm duas semanas após o pronunciamento da Pokémon Company. Na ocasião, a companhia também não citou Palworld diretamente — mas pelo tom da conversa, acabou nem precisando.

“Nós recebemos muitos questionamentos sobre um jogo de outra companhia lançado em janeiro de 2024. Nós não demos nenhuma permissão para o uso de elementos ou a propriedade intelectual de Pokémon naquele jogo”, disse o comunicado da Pokémon Company.

“Vamos investigar e tomar medidas apropriadas para resolver qualquer ação que infrinja os direitos de propriedade intelectual relacionados a Pokémon“, concluiu a dona do Pikachu, que não estabeleceu um prazo para o início das investigações.

Embora Palworld seja muito diferente de Pokémon em vários aspectos, é fato que o assunto rendeu discussões acaloradas pelos fãs nas redes sociais. Claro, existe uma influência óbvia na receita do jogo, principalmente no conceito de monstrinhos — mas cabe aos advogados da Nintendo interpretar o que é plágio ou não.

Palworld tornou-se a febre do momento

Apesar de estar envolvido em polêmicas de plágio, os Pals não param de crescer. Segundo o estúdio, Palworld já teve mais de 12 milhões de cópias vendidas na Steam — além de expressivos 19 milhões de jogadores desde o lançamento no mês passado. Em apenas quatro dias de estreia, o game da Pocketpair vendeu nada menos que 6 milhões de unidades.

“A resposta dos fãs tem sido enorme e é incrível que milhões de jogadores ao redor do mundo estejam se divertindo com Palworld“, explicou Takuro Mizobe, CEO da Pocketpair, em entrevista recente ao Xbox Wire.

“Esse é só o começo para nós e o feedback que estamos coletando enquanto o jogo está em Game Preview nos permitirá continuar melhorando a experiência dos domadores de Pal em todas as plataformas”, concluiu o executivo.

Tem jogado Palworld por aí? Comente nas redes sociais do Voxel suas impressões sobre o “Pokémon com armas”!


source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress