Por que Cloud e Sephiroth se odeiam em Final Fantasy VII? Entenda a relação

Por que Cloud e Sephiroth se odeiam em Final Fantasy VII? Entenda a relação

Lançado no dia 29 de fevereiro, Final Fantasy VII Rebirth conta uma história que envolve muitos personagens, mas dois deles tem papel central: o protagonista Cloud e o vilão Sephiroth. Unidos por laços que envolvem o passado e o futuro, os dois estão no centro de uma perseguição constante com muitas reviravoltas e manipulação psicológicas.

No entanto, para entender a relação de ódio que eles nutrem, é preciso ir além do jogo mais recente e voltar ao passado: tanto ao jogo original de 1997 quanto à cidade de Nibehelm, cinco anos antes dos eventos da história começarem. E fique alerta: daqui em diante, vamos tratar de muitos spoilers.

Cloud admirava os grandes feitos do herói de guerra SephirothCloud admirava os grandes feitos do herói de guerra Sephiroth.Fonte:  Divulgação/Square Enix 

Conforme vemos na demonstração de Final Fantasy VII Rebirth, Cloud é um jovem que admirava Sephiroth desde jovem e decidiu se tornar um Soldier por conta disso. Após anos de esforço, ele atinge a primeira classe e tem a oportunidade de partir em uma missão, agora tendo seu antigo ídolo como um aliado.

Em Nibelheim, eles descobrem que os reatores da cidade foram transformados para fazer experiências com humanos e com um ser conhecido como Jenova. Sephiroth descobre que foi vítima dos mesmos experimentos quando criança, enlouquece e mata todos os cidadãos locais — revoltado, Cloud usa sua Buster Sword para matar o vilão. Ao menos é assim que as coisas parecem acontecer.

Cloud e Sephiroth são unidos por experimentos

Conforme os jogadores de Final Fantasy VII descobrem mais tarde, a história que Cloud contou não era exatamente mentira, mas alguns detalhes importantes foram mudados. Enquanto ele realmente esteve em Nibelheim e matou Sephiroth, ele não fez isso como um Soldier de primeira classe. Na verdade, ele ainda era um recruta covarde que escondeu seu rosto de seus amigos.

Cloud era somente um recruta quando teve que lutar contra SephirothCloud era somente um recruta quando teve que lutar contra SephirothFonte:  Divulgação/Square Enix 

Quem realmente era o companheiro de Sephiroth era Zack Fair que, junto com Cloud, foi capturado pelo cientista Hojo. Ele injetou em ambos as células da alienígena Jenova (que foram usadas para criar Sephiroth) e realizou uma série de experimentos que fizeram com que o protagonista do jogo perdesse sua memória e misturasse suas lembranças com as de seu amigo.

Nesse processo, Cloud também perdeu noção do que fez com que ele se transformasse em um Soldier: o desejo de proteger e impressionar Tifa. Ao assumir para si os feitos de Zack, ele se convence de que conseguiu conquistar seus objetivos e que não tem responsabilidade real sobre o destino de sua cidade-natal. Afinal, ele conseguiu matar o vilão.

Sephiroth lembra as falhas de Cloud

Quando Sephiroth ressurge em Midgar, ele ativa as memórias dormentes de Cloud fazendo com que ele se lembre de suas falhas no passado — e, em Rebirth, ativamente provoca o herói mentindo sobre alguns acontecimentos. Ele também aproveita seu controle sobre as células de Jenova para manipular o protagonista e fazer com que ele traia seus amigos.

Sephiroth faz Cloud voltar a se sentir impotenteSephiroth faz Cloud voltar a se sentir impotenteFonte:  Divulgação/Square Enix 

No entanto, o momento definidor do ódio acontece quando o vilão mata Aerith. Nesse instante, Cloud revive os momentos de impotência do passado e é forçado a viver novamente com o arrependimento de não conseguir proteger as pessoas próximas a si. É somente com a ajuda de seus amigos, especialmente Tifa, que ele consegue superar esse trauma e redescobrir quem realmente é.

Com isso, o vilão se transforma em um lembrete não do fracasso, mas de que até mesmo uma pessoa comum pode superar grandes traumas e desafios. Na trilogia de remakes atual, isso só deve ser tratado em profundidade no terceiro capítulo, cuja data de lançamento ainda é desconhecida.

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress