Mito ou verdade: laser e luzes em shows podem danificar a câmera do celular?

Mito ou verdade: laser e luzes em shows podem danificar a câmera do celular?

No Rock in Rio do ano passado, além dos comentários sobre os vários shows do festival, outro assunto tomou conta das redes sociais: os lasers utilizados no set do DJ Alok. Segundo usuários no X (antigo Twitter), as câmeras dos celulares “estragaram” devido aos lasers projetados durante o show do artista.

Com a nova onda de shows superproduzidos chegando ao Brasil – incluindo a vinda de grandes artistas, como The Weeknd, Taylor Swift e RBD – a preocupação veio a tona novamente. Afinal, seu celular corre risco se você filmar um show que tenha laser? Continue a leitura, pois explicamos como isso realmente funciona.

O laser pode danificar a câmera do celular?

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)Fonte:  Shutterstock 

A resposta é: “sim”. Mas não é algo tão simples! Na verdade, é necessário haver a coincidência entre várias condições: a fonte do laser precisa estar a certa distância da lente do celular; a câmera precisa ficar exposta por alguns segundos para ocorrer o dano; a intensidade do laser deve ser alta o suficiente para que o celular corra perigo.

Assim, o risco de sofrer esse tipo de prejuízo só ocorrerá caso todas as condições citadas aconteçam ao mesmo tempo. O que pode ocorrer é o raio laser danificar as linhas de pixels da sua câmera, caso ela seja exposta a ele por muito tempo.

O site Laser World dá uma boa explicação do fenômeno. O dano ao sensor da câmera acontece quando os feixes de laser são muito focados, o que significa que eles têm uma densidade de energia muito alta que atinge o aparelho celular.

Quando acontece um show de larga escala, como o do DJ Alok, há uma equipe trabalhando para assegurar que os raios não sejam direcionados a câmeras de TV e projetores de vídeo. Uma vez que a plateia tende a querer registrar o show, não há como garantir a segurança de todas as câmeras.

Outro fator que aumenta o risco é usar o zoom óptico em vez do digital. O fato acontece porque os feixes de luz acabam ficando ainda mais focados pela câmera do smartphone.

De todo modo, uma forma de se precaver é tentar sempre manter uma boa distância da fonte do laser, sem se aproximar tanto da zona de transmissão de um show.

E há mais uma informação importante: os danos não envolvem apenas a exposição direta ao laser, uma vez que os feixes refletem e podem bater indiretamente na câmera do seu celular.

Como o laser danifica a câmera?

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)Fonte:  Shutterstock 

Talvez você deva se lembrar de quando era mais comum o uso daquelas ponteiras de raio laser e havia a recomendação — em especial para as crianças — de que não apontassem o equipamento diretamente para o olho de ninguém.

É o mesmo princípio do que ocorre nos lasers de shows. O que acontece, segundo informa o International Laser Display Association (ILDA), é o seguinte: o laser emite feixes de luz concentrados, que são capazes de aquecer superfícies sensíveis, como a retina do olho. O dano é ocasionado pelo calor, que pode queimar.

Sensores das câmeras são ainda mais sensíveis e suscetíveis a danos causados por raio laser do que os olhos

Contudo, é preciso lembrar que essas exibições de grande porte contam com recursos de segurança e monitoramento constante para que todos os presentes estejam seguros.

O que fazer para evitar danificar a câmera do seu celular?

(Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos)(Fonte: Tenho Mais Discos Que Amigos)Fonte:  Tenho Mais Discos Que Amigos 

O mais recomendado é o velho conselho: quando estiver nessa situação, tenha cautela. Mas o que significa se proteger do laser durante um show? Veja algumas dicas logo abaixo.

Não filme shows de laser de muito perto

Se você for a um show do Alok ou de qualquer outro DJ que faça uso desse recurso e realmente quiser ficar filmando o espetáculo, resista ao impulso de estar muito à frente do palco.

Quanto mais distância você mantiver da fonte do laser, mais protegido o seu celular estará. Para se ter uma ideia, existem armas de laser feitas para destruir drones no ar. Eles realmente são potentes!

Não amplie os feixes de laser

O dano ao sensor da sua câmera está diretamente ligado ao grau de exposição e ao foco nos feixes de laser. Pode ser que você fique encantado com aquela fonte de luz, mas fuja da tentação de ampliar o zoom da sua câmera para filmá-la.

Use protetores nas lentes do celular

Se você está muito inseguro e realmente quer se tranquilizar de que o seu celular não correrá riscos quando você estiver em um show ou uma balada, utilize filtros de lente que protegerão o seu smartphone nesse caso de exposição. Ou, é claro, guarde o seu celular e curta o show sem câmeras.

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress