Mais de 73% dos brasileiros jogam videogame, aponta pesquisa

Mais de 73% dos brasileiros jogam videogame, aponta pesquisa

Nos últimos quatro anos, os jogos digitais se tornaram uma das mais importantes formas de diversão e entretenimento para os brasileiros. Essa preferência, naturalmente, também se reflete no respectivo setor do mercado, que evoluiu consideravelmente e conquistou o grande público nacional. Isso é o que mostra a Pesquisa Game Brasil 2024, desenvolvida pelo Sioux Group e Go Gamers, em parceria com Blend New Research e ESPM.

O levantamento contou com a participação de 13.360 participantes, entrevistados entre 21 de dezembro de 2023 a 17 de janeiro de 2024. No grande grupo, 73,9% das pessoas afirmaram ter o hábito de jogar videogames. O crescimento é de 3,8 pontos percentuais, em relação ao ano passado, e demonstra a potência do consumo de jogos eletrônicos no Brasil.

Outro ponto que chama a atenção é que os jogos eletrônicos estão entre as principais formas de diversão dos entrevistados. Durante o período pandêmico, em 2020, o percentual de jogadores era de 57,1%. Já em 2024, esse número chega ao total de 85,4%, mostrando a relevância dos jogos digitais como uma das principais plataformas de entretenimento dos brasileiros.

Confira o gráfico:

Tendência do consumo de jogos Tendência do consumo de jogos digitais no Brasil nos últimos anos.

Ainda segundo os dados da PGB 2024, as mulheres voltaram a se destacar nesse meio e, hoje, representam 50,9% do total de gamers. Esse aumento se deve ao fato do uso impulsionado pelos smartphones, que detém a maioria do público feminino. Para Luiz Guilherme Guedes, CEO da EPICdigitais, empresa referência no setor de economia criativa, o mercado criativo nunca esteve mais aquecido.

“Vivemos em uma era profundamente conectada que sente, cada vez mais, a necessidade de se identificar com uma comunidade”, explica o empresário. “O mercado gamer não é só um meio de entretenimento, mas se tornou em uma forma de se expressar e de se conectar com pessoas que possuem os mesmos interesses e estilos de vida”.

Conforme explica Guedes, os dados apontam que os jogadores brasileiros compartilham interesses similares e citam hábitos comuns durante as sessões de jogatina, como assistir vídeos, ouvir música, e mais. A pesquisa também sugere que a preferência pelos jogos não é, necessariamente, recente, já que mais de 70% dos entrevistados jogam desde quando eram crianças.

comportamento do gamer brasileComportamento do gamer brasileiro, segundo a PGB.

Dos consoles para o mercado profissional

Os videogames já representam a maior indústria do entretenimento do mundo, tendo um público que consome US$ 188 bilhões em produtos e serviços, segundo o relatório da consultoria Newzoo. Com expectativa de quadruplicar renda no Brasil até 2026, a carreira no mercado de jogos eletrônicos apresenta grande potencial. Segundo o relatório PwC 2022-2026, a indústria brasileira de jogos eletrônicos deve chegar aos US$ 2,8 bilhões (R$ 13 bilhões).

“Em um mercado tão gigantesco como o de games, há espaço para as mais diversas profissões. Há uma gama enorme de possibilidades no setor, como profissionais de recursos humanos, relações-públicas, contadores, especialistas em marketing, publicitários, gestores de projetos e analistas de vendas, por exemplo. Já na parte criativa, propriamente envolvida na criação dos jogos, há necessidade por pessoas com habilidades em design, programação, softwares, testers, som e mais”, afirma Luiz Guilherme Guedes.

Com a aprovação do Marco Nacional dos Games, essa indústria poderá crescer ainda mais com os incentivos e investimentos. Além de beneficiar o consumidor final, a medida também formalizará a entrada de profissionais da área no mercando, gerando novos empregos.

Estatísticas dos jogadores brasileiros por plataforma

Sabendo da importância dos jogos para os brasileiros, confira abaixo as estatísticas nacionais em cada plataforma:

PC

Consoles

Celulares e Tablets

Perfil Geral dos Jogadores Brasileiros

Incentivo à cultura e aos jogos no Brasil

Junto da Gamescom e da BGS, a indústria nacional de jogos segue recebendo novos eventos dedicados, que além de celebrar a cultura, também possibilitam o contato entre o público, criadores de conteúdo e desenvolvedores de jogos. Esse interesse no setor, inclusive, expandiu-se além da Região Sudeste e leva oportunidade para outras partes do Brasil.

Possivelmente, um dos maiores exemplos é a Exposol 2024, que ocorre na cidade de Soledade, no Rio Grande do Sul. Já tradicional na região, o evento receberá pela primeira vez a Infinity Experience, que abrirá a feira e celebrará a cultura geek e gamer.

Os interessados poderão participar no evento durante os dias 01 a 05 de maio, no Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz em Soledade, no Rio Grande do Sul. Entre as atrações confirmadas, estão criadores do YouTube, games e cultura pop, como Rato Borrachudo, Gaveta, Lisa Guerra, Mary Nikky e Coelho do Japão.

Contando com a produção da EPICdigitais, o evento será um divisor de águas para eventos fora do Eixo Sudeste. Com o público esperado de seis mil pessoas, o Infinity Experience poderá se tornar referência para feiras de jogos na Região Sul do Brasil, permitindo que mais brasileiros participem na cultura gamer e geek.

E você, já participou de alguma feira de jogos nacional? Nos conte nas redes sociais do Voxel!

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress