Hacker condenado pela Nintendo acredita que foi preso para 'servir de exemplo'

Hacker condenado pela Nintendo acredita que foi preso para 'servir de exemplo'

Não é segredo para ninguém que a Nintendo é uma das empresas mais rígidas no que diz respeito à pirataria. Muitos hackers caíram nos últimos anos, mas um nome em específico, Doug Bowser, chamou a atenção da mídia — não pelo sobrenome de vilão (ou de executivo), mas pelo seu “trabalho” pirateando ROMs de Switch e 3DS. Ele, inclusive, sugeriu recentemente que a sua sentença foi para “servir de exemplo”.

Bowser, que é programador e mexeu com eletrônicos a vida toda, pirateava as ROMs no mercado ilegal desde 2013, quando atuava sob a bandeira do grupo de hackers Team-Xecuter. Acusado por 11 crimes diferentes, foi preso em setembro de 2020 e, ao invés de enfrentar o julgamento, se declarou culpado por duas sentenças.

Após cumprir 14 meses de uma sentença de 40 meses, ele foi solto em abril de 2023 por bom comportamento na prisão, embora ainda tenha ficado no prejuízo: ele deve uma multa de US$ 4,5 milhões e outra de US$ 10 milhões à Nintendo.

Doug Bowser, ex-hacker, cumpriu 12 meses de pena por piratear ROMs de Switch e 3DS.Doug Bowser, ex-hacker, cumpriu 12 meses de pena por piratear ROMs de Switch e 3DS.Fonte:  The Guardian 

Conversando com o The Guardian no início do mês, Bowser, que atualmente tem 54 anos e vive em Toronto, Canadá, acredita que sua condenação foi para servir de exemplo aos outros membros da comunidade de hackers. “A sentença foi como uma mensagem para outras pessoas que ainda estão por aí, que se forem apanhadas… vão cumprir pena”.

Grupo de hackers causou prejuízo de US$ 150 milhões às empresas que sofreram pirataria

Além do prejuízo de US$ 4,5 milhões, Bowser também foi condenado a pagar uma multa adicional de US$ 10 milhões à Nintendo pela sua participação na venda de mods de console. No fim do dia, sua liberdade custou, ao todo, US$ 14,5 milhões em dívidas.

Agora que está solto há um ano, o ex-hacker é obrigado a enviar uma parte de qualquer dinheiro que estiver disponível em conta após pagar suas necessidades básicas de ser humano. “Vou pagar eles o que eu puder, o que certamente não será muito dinheiro”, lamentou ao The Guardian.

Segundo uma estimativa do governo dos Estados Unidos, a empreitada criminosa da Team-Xecuter acabou gerando dezenas de milhões de dólares em vendas ao longo dos anos, resultando um prejuízo aproximado de US$ 150 milhões em perdas para as empresas afetadas — incluindo a Nintendo.

Na época do julgamento, o advogado da Big N, Ajay Singh, teria dito no tribunal que a sentença de Bowser era uma “oportunidade única” de enviar uma mensagem sobre pirataria aos hackers.

Qual sua opinião sobre a condenação do ex-hacker? Comente nas redes sociais do Voxel!

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress