Governo federal lança plataforma em apoio ao Rio Grande do Sul

Governo federal lança plataforma em apoio ao Rio Grande do Sul

O governo federal lançou um site com informações sobre todos os esforços que estão sendo realizados para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Como anunciado na terça-feira (14), a página é um espaço ampliado dentro da plataforma Brasil Participativo, lançada no ano passado.

Além dos dados sobre o que está sendo feito pelo governo, também é possível encontrar informações úteis para quem quer contribuir com doações. Por meio do endereço dedicado ao RS, é possível, por exemplo, saber qual a agência dos Correios mais próxima para fazer entregar itens e como será o pagamento antecipado do Bolsa Família para os atingidos pelas chuvas no estado.

O projeto ganha relevância devido à ocasião de calamidade em diversas cidades do Rio Grande do Sul, que tem demandado ações emergenciais diariamente. Nesse sentido, o governo federal se comprometeu em atualizar as informações das campanhas de apoio de maneira permanente.

A partir das ações oficiais de apoio ao Rio Grande do Sul, elaboradas pelo governo federal, empresas e pessoas físicas poderão planejar suas próprias ações de suporte.

Página do Brasil Participativo dedicada ao RS informa sobre todos os esforços do governo federal para ajudar as vítimas das enchentes.Página do Brasil Participativo dedicada ao RS informa sobre todos os esforços do governo federal para ajudar as vítimas das enchentes.Fonte:  Brasil Participativo/Reprodução 

Governo perdoa dívida do RS por 36 meses

Entre as informações publicadas na plataforma, está a decisão anunciada pelo Ministro da Fazenda, Fernando Haddad, de suspender o pagamento da dívida do Rio Grande do Sul com a União pelo período de 36 meses. Os juros anuais sobre a dívida, em torno de 4%, também serão perdoados pelo mesmo período. A medida, no entanto, ainda precisa de aprovação no Senado.

A página dedicada ao RS ainda cita informações como: isenção de pedágio para transporte de donativos dentro do estado, a localização dos hospitais de campanha, a antecipação das restituições do imposto de renda, o saque calamidade do FGTS, o monitoramento hidrológico, entre outras informações. Além disso, o portal também facilita a transparência dos gastos provenientes das campanhas de apoio à população gaúcha.

O portal do Brasil Participativo dedicado ao Rio Grande do Sul pode ser acessado pelo site oficial do projeto.


source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress