Google amplia mecanismos para barrar fake news na Busca por sites e imagens

Google amplia mecanismos para barrar fake news na Busca por sites e imagens

O Google expandiu as ferramentas do buscador da empresa que ajudam o usuário a checar se um conteúdo é ou não verdadeiro. As novidades foram apresentadas nesta terça-feira (02), que é o Dia Internacional da Verificação de Fatos.

Uma das novas funções fica na busca por imagem do Google. A partir de agora, é possível verificar rapidamente o histórico e o contexto de fotos pesquisadas, para saber se elas já são antigas ou possuem um contexto específico atrelado.

Essas informações estão no item “Sobre essa imagem”, que abre uma nova página no navegador ao ser selecionado. O recurso fica em um ícone de três pontos na vertical, acessado quando você clica uma imagem em um resultado da busca, com mostrado na figura abaixo.

O botão ajuda a fornecer mais detalhes sobre uma foto buscada na plataforma. (Imagem: Reprodução/TecMundo)O botão ajuda a fornecer mais detalhes sobre uma foto buscada na plataforma. (Imagem: Reprodução/TecMundo)Fonte:  TecMundo 

Na nova página, é possível saber se a imagem ou versões dela já são antigas ou foram publicadas antes em outros sites, como é a descrição dela nesses domínios e também alguns metadados, que ajudam a identificar um conteúdo verídico.

Buscador agora exibe mais detalhes sobre sites

Outra novidade é a opção “Sobre esta página”, que aparece em cada site exibido em pesquisas no Google. O funcionamento é parecido com a busca por imagens, com a diferença de que o endereço inteiro é avaliada.

Para acessar essas informações, que abrem sobre a tela (no celular) ou no canto direito da página (no navegador para PC), basta tocar no ícone dos três pontos na vertical.

O "Sobre esta página" fornece detalhes adicionais do site antes de você visitá-lo. (Imagem: Reprodução/TecMundo)O “Sobre esta página” fornece detalhes adicionais do site antes de você visitá-lo. (Imagem: Reprodução/TecMundo)Fonte:  TecMundo 

Os recursos disponíveis incluem a descrição do site na Wikipédia, se o verbete existir, além de saber “o que outras pessoas na web dizem sobre ele”. Dessa forma, você fica sabendo se o site em questão é confiável ou costuma ser envolvido em acusações de desinformação ou fraudes, por exemplo.

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress