Eclipse total de 2024 pode acontecer com o máximo solar; o que isso significa?

Eclipse total de 2024 pode acontecer com o máximo solar; o que isso significa?

Em 2017, os cidadãos norte-americanos puderam visualizar um incrível eclipse solar total, contudo, ocorreu em uma época em que o Sol estava próximo de seu mínimo solar — ou seja, em um período de baixa atividade. Recentemente, a Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço dos Estados Unidos (NASA) publicou um comunicado divulgando que o próximo eclipse total nos Estados Unidos ocorrerá no dia 8 de abril de 2024. 

Novamente, os residentes dos EUA e México poderão assistir à Lua passando na frente do Sol e bloqueando a iluminação de nossa estrela geradora de energia.  Mas talvez o evento deste ano seja muito mais impactante do que a versão de 2017; os astrônomos apontam que, se tudo se alinhar de forma perfeita, o eclipse total pode coincidir com o fenômeno natural de máximo solar.

Em média, a atividade solar dura aproximadamente 11 anos e 2024 promete ser o ciclo de máximo solar; não é à toa que alguns cientistas acreditam que as explosões solares podem causar um apagão da internet. Os pesquisadores da NASA apontam que o máximo solar pode acontecer entre janeiro e outubro deste ano, então, com sorte e um bom tempo, o eclipse total pode acontecer no mesmo período.

O eclipse total de 2024 poderá ser visualizado por pessoas que vivem entre o México e o Canadá; a depender da qualidade do tempo durante o evento.O eclipse total de 2024 poderá ser visualizado por pessoas que vivem entre o México e o Canadá; a depender da qualidade do tempo durante o evento.Fonte:  NASA/ Aubrey Gemignani 

“Durante o eclipse de 2024, o Sol estará no máximo solar ou próximo a ele, quando o campo magnético se parecerá mais com uma bola de pelo emaranhada. As serpentinas provavelmente serão visíveis em toda a coroa. Além disso, os espectadores terão uma chance melhor de ver proeminências — que aparecem como cachos ou laços rosa brilhantes saindo do Sol”, a NASA descreve em uma publicação oficial sobre o assunto.

Eclipse total e máximo solar

O máximo solar é uma fase do ciclo solar que aumenta a atividade magnética do Sol e, consequentemente, o número de manchas solares na superfície da estrela. 

Além disso, podem ocorrer ejeções de massa coronal e erupções solares. Por isso, os cientistas da NASA planejam estudar o fenômeno para compreender como ele pode afetar redes elétricas, sistemas de comunicação por satélite e até serviços de GPS.

Caso os dois eventos coincidam de ocorrer durante o dia 8 de abril, os espectadores poderão visualizar a coroa solar e até mesmo ejeções de massa coronal. De qualquer forma, é importante destacar que os brasileiros não terão a chance de assistir ao evento no Brasil, pois ele será visível apenas entre o México e o Canadá.

“Durante o eclipse total de 2024, a NASA está financiando várias iniciativas de pesquisa que se baseiam nas pesquisas feitas durante o eclipse de 2017. Os projetos, liderados por investigadores de diferentes instituições acadêmicas, estudarão o Sol e a sua influência na Terra com uma variedade de instrumentos, incluindo câmaras a bordo de aviões de investigação de alta altitude, rádios amadores e muito mais”, a NASA acrescenta.

Gostou do conteúdo? Então, fique sempre atualizado com mais estudos sobre o ciclo solar aqui no TecMundo. Se desejar, aproveite para entender como eclipses solares serão apenas anulares daqui a milhões de anos.

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress