Como aumentar a segurança do seu celular no Carnaval?

Como aumentar a segurança do seu celular no Carnaval?

O Carnaval 2024 já vai começar! Blocos — ou bloquinhos —, trios elétricos, desfiles de escolas de samba, shows e muitas outras atrações prometem agitar os foliões em todo o Brasil.

Mas quem vai curtir a festa na rua precisa cuidar do celular, pois o dispositivo armazena muitas informações sigilosas. De dados financeiros a contatos, passando por senhas, redes sociais e imagens, o telefone se tornou um prato cheio para os bandidos.

Como o dispositivo é essencial para manter contato, chamar o transporte e pesquisar lugares, deixá-lo em casa nem sempre é uma opção. Para evitar dores de cabeça e prejuízos, o TecMundo traz dicas para proteger o celular no carnaval.

Celular seguro no Carnaval: 5 dicas para evitar problemas na folia

Ninguém quer sair de casa para curtir o Carnaval e ter um transtorno que poderia ser evitado – especialmente com o celular. Mesmo que você opte por levar consigo um dispositivo mais baratinho na folia, é necessário ficar atento para não ser furtado e ter seus dados invadidos e/ou acabar caindo em golpes de aproximações.

Assim, ter em mente algumas dicas para garantir sua segurança na festa nacional é essencial. Confira 5 delas logo abaixo:

1. Reforce suas senhas

Antes de sair de casa, registre uma senha forte de acesso ao celular, que será solicitada ao tentar desbloquear a tela. Também vale cadastrar o bloqueio por impressão digital e/ou facial, se o aparelho for compatível.

2. Faça backup e desative serviços por aproximação

Fazer backup dos arquivos, modificar o e-mail de recuperação de senhas para outro que não esteja salvo no aparelho e desativar o pagamento por aproximação são outras dicas importantes. Além disso, anote o IMEI do celular em um papel.

Usar o celular no meio da multidão requer cuidados.Usar o celular no meio da multidão requer cuidados.Fonte:  Pixabay 

3. Ative a localização do smartphone

Algo que também deve ser feito é ativar a localização do celular, que permite rastrear o smartphone. Além das opções do iOS e do Android, é possível usar o rastreamento do Google em ambos os sistemas.

Se possível, compartilhe a sua localização em tempo real com alguém de confiança que estará em casa e poderá te ajudar se for necessário.

4. Mantenha o celular carregado

Antes de sair de casa, verifique se a bateria do seu smartphone está carregada. Afinal de contas, você vai precisar do aparelho para pedir um carro de aplicativo, abrir o mapa, escolher um bom restaurante e, claro, se acontecer de ficar perdido em meio a multidão.

5. Utilize o celular apenas em locais seguros

A última dica, mas não menos importante, é: não use o smartphone em locais abertos onde a festança está ocorrendo. Se precisar mexer no dispositivo, vá em um lugar mais calmo e seguro, como supermercado, shoppings, padarias ou estabelecimentos ao redor da sua localização.

Outras dicas úteis são:

  • Guarde o celular no bolso frontal, pochete ou doleira;
  • Não perca o aparelho de vista, evitando deixá-lo sob mesas, cadeiras e no chão;
  • Evite deixar o smartphone sob o Sol ou em áreas úmidas.

Cuidado com o seu dinheiro: reforce a proteção em apps bancários

Provavelmente, você tem pelo menos um aplicativo de banco instalado no celular, certo? Então, configure limites reduzidos para transações com o aparelho, como operações com cartão de crédito e débito, pagamentos de boletos e transferências via Pix.

Também é interessante deixar um valor baixo na conta e, se possível, apagar os apps bancários temporariamente ou ocultá-los – se o dispositivo permitir. Vale ainda habilitar a autenticação de dois fatores em todos os apps e ficar atento para não cair em golpes ao pagar com cartão – ele pode ser trocado ou clonado, por exemplo.

Furtos e roubos de celulares estão entre as preocupações dos foliões.Furtos e roubos de celulares estão entre as preocupações dos foliões.Fonte:  Freepik 

Os mesmos ajustes e proteção reforçada podem ser feitos nos apps de redes sociais e plataformas de compras online, entre outras categorias. Não se esqueça também de proteger a galeria de imagens do smartphone.

Caso você possua um celular mais básico ou antigo, há a opção de usá-lo na folia, deixando o principal em casa. Instale no “celular do ladrão” apenas os apps de mensagem e os de transporte, tomando os cuidados citados anteriormente.

O que fazer se o celular for roubado?

E se apesar de todos os cuidados com o celular, o aparelho for furtado, roubado ou perdido? Nestes casos, é necessário fazer um boletim de ocorrência e comunicar a situação aos bancos, imediatamente, solicitando o bloqueio de contas e cartões.

O proprietário também precisa pedir à operadora que desative o chip e pode usar o IMEI para bloquear o telefone. Além disso, há as opções de tentar rastrear o aparelho, bloquear e efetuar a limpeza dos dados remotamente.

Conferir extratos e faturas é outra dica importante, fazendo a contestação de compras, transferências e empréstimos não reconhecidos diretamente com o seu banco ou acionando o Procon, se necessário.

Gostou do conteúdo? Então, fique de olho no portal para manter-se atualizado sobre tecnologia, segurança, mercado e entretenimento. Até a próxima!

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress