Apple e Google se unem para oferecer alertas de rastreadores indesejados

Apple e Google se unem para oferecer alertas de rastreadores indesejados

A Apple e o Google anunciaram nesta segunda-feira (13) uma importante atualização nas medidas para combater usos indevidos de rastreadores sem fio como as AirTags, permitindo alertar sobre a presença de dispositivos desconhecidos nas proximidades. A prática do stalking está entre os alvos da iniciativa.

Com a parceria entre as duas gigantes da tecnologia, ambas passam a exigir que os rastreadores Bluetooth de objetos perdidos fabricados por terceiros sigam normas específicas de segurança. Uma delas é notificar o usuário que um dispositivo do tipo “foi encontrado em movimento com você”, esteja ele utilizando um celular Android ou iPhone.

As AirTags podem ser úteis para quem costuma esquecer onde deixou as chaves.As AirTags podem ser úteis para quem costuma esquecer onde deixou as chaves.Fonte:  Getty Images/Reprodução 

Ao receber esse alerta, a pessoa pode fazer com que o equipamento de rastreamento compatível reproduza um som para facilitar a sua localização, por meio de ferramentas no smartphone. Além disso, ela terá acesso a instruções na tela para desativar o gadget.

Esse mecanismo é basicamente o mesmo que alerta proprietários de um telefone Android a respeito de uma Apple AirTag não identificada perto dele. Fabricantes de tags Bluetooth como Motorola, Chipolo, Pebblebee, Jio e eufy se comprometaram a integrar o sistema de notificação em seus próximos produtos.

Rastreando objetos perdidos e também pessoas

Os rastreadores Bluetooth foram lançados especificamente para auxiliar na busca por objetos perdidos. Minúsculos, eles podem ser anexados às malas de viagem, chaves, carteiras e até mesmo ao carro, permitindo acompanhar o deslocamento desses itens em um mapa na tela do celular.

Mas com o passar do tempo, a tecnologia começou a ser utilizada para fins nem sempre legais, como o rastreamento de pessoas por stalkeadores. Nos últimos anos, as big techs têm investido em diferentes iniciativas para coibir o uso criminoso desses gadgets, priorizando a privacidade e a segurança.

Batizado de “Detectando Rastreadores de Localização Indesejados”, o novo padrão de alerta sobre dispositivos de rastreamento Bluetooth está sendo disponibilizado junto com o iOS 17.5, que acaba de ser lançado pela Apple. As especificações atualizadas também chegam aos aparelhos com Android 6.0 e versões posteriores.

source

@nvgazeta.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress